Ir direto para menu de acessibilidade.
Dia do Meio Ambiente

Webinar sobre doenças emergentes e impactos no meio ambiente está disponível na íntegra

Escrito por Samara Avelar | Publicado: Segunda, 08 Junho 2020 13:14 | Última Atualização: Segunda, 08 Junho 2020 13:22 | Acessos: 754
Gentileza solicitar descrição da imagem

Na última sexta-feira (5/6), Dia do Meio Ambiente, a Universidade Federal de Lavras (UFLA) realizou a webconferência “Doenças emergentes e os impactos no meio ambiente”, com especialistas na área da saúde e de saneamento. O debate online foi disponibilizado na íntegra no Youtube e conta com mais de 200 visualizações.

Ao tratar dos Impactos da Covid-19 no Saneamento, o Coordenador de Fiscalização da Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba,Capivari e Jundiaí (ARES-PCJ), Daniel Manzi, ressaltou os cuidados gerais que devem ser tomados pelos profissionais que atuam diretamente na área de saneamento e também pela população de forma geral, uma vez que a água é um recurso fundamental para combate da Covid-19. “A população precisa ter sempre água potável em quantidade e qualidade, ou seja, não pode faltar. Em situações que eventualmente eram toleráveis, é preciso acionar a empresa de saneamento e, na ausência de resposta, levar a demanda ao órgão regulador”, explicou.

A pró-reitora de Pesquisa da UFLA, professora Joziana Barçante, que atua nas áreas de doenças negligenciadas, doenças emergentes, doenças infecciosas e parasitárias, tratou sobre a relação entre Leishmaniose e Meio Ambiente, abordando o conceito de saúde única. “Hoje fala-se muito na integração entre as áreas, em que trabalhamos a saúde humana e a saúde animal integradas com a vigilância e a saúde ambiental, buscando o equilíbrio em todos os contextos. Por esse motivo, é fundamental abordar a questão da Leishmaniose Visceral, um assunto de importância mundial. São 350 milhões de pessoas em risco, 12 milhões de infectados e uma incidência anual estimada em 500 mil casos por ano”, reforçou a pesquisadora, que falou sobre o trabalho desenvolvido pela UFLA em parceria com o Município de Lavras para combate e controle da doença.

A conferência online foi mediada pela chefe de setor de Resíduos Químicos e coordenadora do curso de Engenharia Química da UFLA, Zuy Maria Magriotis. Ao final, os participantes puderam fazer perguntas e comentários, que foram respondidos pelos especialistas.

Acesse o Youtube e assista ao webinar sobre “Doenças emergentes e os impactos no meio ambiente” na íntegra.