Ir direto para menu de acessibilidade.
ATENÇÃO

DGTI alerta para e-mails falsos que utilizam nome de profissionais da UFLA

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Sábado, 27 Junho 2020 19:32 | Última Atualização: Segunda, 29 Junho 2020 09:47 | Acessos: 838
Gentileza solicitar descrição da imagem

A Diretoria de Gestão da Tecnologia da Informação (DGTI), da Universidade Federal de Lavras (UFLA), informa que tem recebido denúncias - de professores - sobre tentativas de golpes em que e-mails são enviados utilizando-se a foto e o nome do professor, porém, a partir de uma conta falsa. Todos devem ficar atentos ao receber, aparentemente de servidores da Universidade, mensagens que possuam conteúdos estranhos às rotinas da UFLA. Os e-mails institucionais da UFLA terminam necessariamente em @ufla.br. Um endereço diferente desse já indica que não se trata de e-mail institucional.

Pelo que se observou até o momento, os emissores das mensagens falsas criam uma conta com o nome do servidor, mas o endereço do e-mail termina em @gmail.com. O diretor de Gestão da Tecnologia da Informação, Erasmo Evangelista de Oliveira, explica que, nesses casos, o servidor que for vítima desse tipo de crime deve comunicar o fato à DGTI, pelo link https://servicosti.ufla.br/index.php/seguranca-da-informacao/notificacoes-de-problemas-de-seguranca, encaminhando, se possível, cópia das mensagens falsas distribuídas. A UFLA dará apoio na apuração do fato. É também essencial registrar boletim de ocorrência, procurando autoridades policiais.

“Desde início de 2019, toda a infraestrutura de e-mail utilizada na UFLA é provida pelos servidores da Google, que tem os mais altos padrões de segurança. Nos casos relatados, não há indícios de violação da segurança dos e-mails, e sim de utilização da engenharia social para se obter informações e vantagens indevidas”, esclarece.

Diante do ocorrido, fique atento às mensagens que recebe, confira o endereço do remetente e não responda mensagens que solicitem procedimentos indevidos. Consulte diretamente o servidor que supostamente enviou o e-mail, para que seja possível identificar a tentativa de golpe, com notificação à polícia e à DGTI.

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.