Ir direto para menu de acessibilidade.
covid-19

LabCovid começa a processar testes de cidades da microrregião de Lavras pelo credenciamento à Funed

Escrito por Gláucia Mendes | Publicado: Segunda, 25 Janeiro 2021 17:53 | Última Atualização: Segunda, 25 Janeiro 2021 20:02 | Acessos: 645

Com o novo fluxo de testes, laboratório torna-se referência no Estado para diagnóstico da Covid-19

Gentileza solicitar descrição da imagem

Nesta segunda-feira (25/1), o laboratório estruturado na Universidade Federal de Lavras para a realização de testes moleculares de diagnóstico da Covid-19, Labcovid UFLA, recebeu o primeiro fluxo de amostras pelo credenciamento à Fundação Ezequiel Dias (Funed). O LabCovid passa a processar 200 testes semanais dos municípios que compõem a microrregião de Lavras: Ijaci, Ingaí, Itumirim, Itutinga, Carrancas, Luminárias, Nepomuceno, Ribeirão Vermelho.

A coordenadora do LabCovid, professora Joziana Muniz de Paiva Barçante, afirma que esse novo fluxo de testes torna o laboratório uma referência no Estado para o diagnóstico da Covid-19. “O LabCovid passa a ser um polo de recebimento das amostras da Funed. Todos os testes urgentes da microrregião, relacionados a síndrome respiratória aguda grave ou de gestantes, por exemplo, serão processados no LabCovid”.  

A cota semanal inicialmente pactuada entre o LabCovid, a Funed e a Secretaria de Estado de Saúde (SES) era de 150 amostras. Em reunião realizada na quinta-feira (21/1) com os secretários de saúde dos municípios da microrregião, a coordenação do LabCovid decidiu ampliá-la para 200. “Havia municípios com cotas muito baixas para um período de pandemia e onda vermelha na microrregião. Decidimos ampliar a capacidade de diagnóstico para melhorar a assistência a esses municípios e, consequentemente, o fluxo de saúde em Lavras, que recebe pacientes graves de cidades da região”, explica Joziana.


Ultrafreezers

Além da realização de testes de diagnóstico, o LabCovid poderá armazenar vacinas contra a Covid-19 que precisam ser conservadas em temperaturas muito baixas, como a produzida pela farmacêutica norte-americana Pfizer em parceria com a empresa de biotecnologia alemã BioTech, que deve ser mantida a -70°c.

Na sexta-feira, dia 22/1, a Universidade encaminhou à Superintendência Regional de Saúde de Varginha um documento colocando à disposição do governo do estado dois ultrafreezers com capacidade para armazenar até 160 mil doses de vacina a temperaturas que variam de -50°c a -86°c. 


Mais sobre o LabCovid

Com o apoio do reitor da UFLA, professor João Chrysostomo de Resende Júnior, o LabCovid foi inaugurado em outubro de 2020, com equipamentos de alta tecnologia para a realização de testes de diagnóstico molecular da Covid-19.

O laboratório funciona com base em dois fluxos: um institucional, em parceria com o município, com a realização de testes segundo critérios estabelecidos para atender as demandas locais. O segundo fluxo segue critérios determinados pela Funed e pelo Ministério da Saúde.

Em Lavras, o LabCovid já processou mais de 1.500 amostras, incluindo profissionais da saúde de três hospitais da cidade, amostras ambientais, de indivíduos sintomáticos e assintomáticos. Só no ano de 2020, pelo menos 11.000 testes rápidos foram aplicados em conjunto, pela vigilância epidemiológica e pela UFLA, e pelo menos 1.000 amostras foram processadas no LabCovid.

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.