Ir direto para menu de acessibilidade.
Pacto global do alimento

UFLA participa do lançamento do Projeto Biomas Tropicais

Escrito por Camila Caetano | Publicado: Quinta, 06 Mai 2021 11:49 | Última Atualização: Quinta, 06 Mai 2021 11:52 | Acessos: 221
Gentileza solicitar descrição da imagem

O reitor da Universidade Federal de Lavras (UFLA), professor João Chrysóstomo, participou nesta semana do lançamento do Projeto Biomas Tropicais, que reuniu as mais importantes lideranças e instituições científicas brasileiras.

Uma das maiores contribuições da UFLA para o Brasil foi a participação ativa na Gênese da Agricultura no Cerrado, na década 70, liderada pelo professor Alfredo Scheid Lopes, então coordenador das pesquisas na área de solos, e pelo ex-diretor da ESAL, professor Alysson Paolinelli. “O trabalho do professor Alfredo foi pioneiro ao identificar que era possível a produção de alimentos no Cerrado, desde que fossem feitas as correções adequadas no solo. Assim o Brasil se tornou um grande produtor mundial de alimentos”, comenta o reitor da UFLA.

Hoje, o Projeto Biomas Tropicais, concebido pelo Instituto Fórum do Futuro, visa trabalhar novamente na origem do problema, como foi realizado no Cerrado, conseguindo então aprofundar o conhecimento dos biomas brasileiros, com base em avaliação científica, para possibilitar um terceiro salto no desenvolvimento da produção de alimentos em áreas tropicais sem desmatar, diminuir a aplicação de agroquímicos na produção de alimentos, ampliar a geração de renda e empregos para os povos tropicais e obter uma visão estratégica para tecnologias viáveis.   

Há ainda um movimento para que instituições estrangeiras participem do Projeto, reunindo fundos para disseminar o conhecimento em outras localidades com clima tropical, como África e América Latina.

No evento também houve o anúncio do seminário internacional “Os Desafios da Ciência em Novo Pacto Global do Alimento – Como transitar de uma economia industrial para uma Bioeconomia Tropical do Conhecimento?”, que será realizado nos dias 15 e 16 de junho. O seminário tem o objetivo de atender as agendas de combate à fome, de melhoria da qualidade dos alimentos, do enfrentamento ao aquecimento global, e da promoção da inclusão social e tecnológica dos povos tropicais.

Participantes da coletiva: 

Alysson Paulinelli – Por um Novo Pacto Global Alimentar 

Evaldo Vilela - Biotecnologia Tropical Sustentável – O Terceiro Salto da Ciência Brasileira 

Roberto Rodrigues – Fome e Redução da Desigualdade - Inclusão social, Bem-Estar e Redução da Desigualdade a Partir do Agro 

Celso Moretti – Embrapa, Agenda do Futuro: Gerar Inovação Alimentar para o Mundo e Contribuir para o Desenvolvimento Sustentável do Brasil 

Carlos Melles – O Empreendedorismo de Bases Sustentáveis 

Durval Dourado – Como Dobrar a Produção de Alimentos no Brasil Sem Desmatar 

Demetrius Silva – Controle Biológico – O Potencial de Redução do Uso de Agroquímicos - 2030: 30% do Mercado 

João Crysóstomo – Solos, Fonte da Vida e Base do Desenvolvimento Tropical Sustentável 

Marcio Miranda – Desafios da Superação do Vale da Morte 

Evandro Neiva – A Universidade Aberta do Agro e a Inclusão Socioeconômica dos Jovens dos Povos Tropicais 

Rui Caldas -Tropical University, Uma Nova Fronteira do Conhecimento Tropical 

Silvio Crestana – Nexo Água, Energia, Alimento - Como Essas Três Demandas Interagem e Vão Desafiar o Planeta nos Próximos 30 Anos? 

Paulo Haddad – O Almoxarifado Natural – Princípios da Ecologia Integral Base do Projeto Biomas 

José Siqueira – Amazônia: Convertendo uma Economia Extrativista numa Bioeconomia do Conhecimento 

Paulo Romano – A invenção do Centro-Oeste 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.