Ir direto para menu de acessibilidade.
BIOMAS TROPICAIS

Evento internacional, com participação da UFLA, discutirá aumento da produção de alimentos no Brasil de forma sustentável

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Sexta, 11 Junho 2021 15:54 | Última Atualização: Quinta, 17 Junho 2021 15:20 | Acessos: 601
Gentileza solicitar descrição da imagem

É possível dobrar a produção de alimentos no Brasil sem gerar novos desmatamentos? E transformar a Amazônia em celeiro global de produtos naturais sem derrubar árvores? As soluções para esses desafios serão tratadas no Seminário Internacional "Os desafios da ciência em novo pacto global do alimento", que será realizado nos dias 15/6 e 16/6, com transmissão on-line pelo site do evento - https://www.educadoragil-evento.com.br/. Os debatedores participantes pretendem demonstrar que é possível mais do que dobrar a produção de alimentos até 2050, sem novos desmatamentos e com a preservação da Amazônia.

O reitor da Universidade Federal de Lavras (UFLA), professor João Chrysostomo de Resende Júnior, participará da mesa de abertura. A UFLA também estará representada no Painel 6, sobre Diversificação Produtiva, que terá como debatedor o professor do Departamento de Ciências Florestais José Roberto Scolforo. Já no Painel 11, sobre Solos e Descarbonização, a moderação será feita pela professora Fátima Moreira, do Departamento de Ciência do Solo.

O evento é organizado pelo Instituto Fórum do Futuro, dentro do projeto Biomas Tropicais, coordenado pela entidade independente de reflexão Think Thank, presidida pelo professor Alysson Paulinelli, ex-diretor da Escola Superior de Agricultura de Lavras (ESAL/UFLA), recentemente indicado ao Prêmio Nobel da Paz em 2021. A iniciativa é realizada em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA) e outras instituições, como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a Universidade de São Paulo (Esalq/USP), o Centro de Gestão de Estudos Estratégicos, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Fundação Getúlio Vargas (FGV Agro), além das universidades federais de Lavras e Viçosa (UFV). Vão participar do seminário pelo menos seis universidades internacionais de referência, como Wageningen (Holanda), Davis (Califórnia) e Edimburgh (Escócia).

O objetivo é aproximar o conhecimento produzido na academia e nas instituições científicas da sociedade e dos projetos econômicos e sociais. Segundo os conselheiros do Fórum do Futuro, é possível que mais de 50% das tecnologias sustentáveis já desenvolvidas pelos cientistas brasileiros não tenham ainda chegado à sociedade. Um dos grandes desafios previsto para as próximas décadas é a produção de alimentos para combater a fome e atender ao crescimento populacional, sempre de forma sustentável. As soluções para esse desafio dependem do intercâmbio entre a ciência e os projetos capazes de viabilizar as soluções na sociedade.

O coordenador científico do Fórum do Futuro, Evaldo Vilela, ressalta a importância da participação dos jovens na discussão.  “Somente com os jovens à bordo poderemos superar os obstáculos portentosos que temos pela frente”, diz. O evento é aberto a todo o público interessado. Confira o Tutorial de Acesso às atividades, que nos dois dias ocorrerão entre 8h e 18h.

Confira a programação completa.

Sobre a demanda por alimentos no mundo e o projeto Biomas Tropicais

O seminário parte da necessidade anunciada de se produzir mais alimentos para combater a fome existente hoje (815 milhões de pessoas afetadas, segundo a FAO) e atender também à pressão do aumento populacional (mais 3 bilhões de pessoas, em três décadas). Mas, ao mesmo tempo, é preciso entregar alimentos mais saudáveis, emitir menos gases de efeito estufa e promover a inclusão social e tecnológica dos povos tropicais.  O bem-estar das pessoas e do planeta é, em resumo, o objeto do Projeto Biomas Tropicais, que já atua, por enquanto, em amostras de territórios da Amazônia, Cerrado e Caatinga, construindo exemplos de boas práticas na gestão pública e privada.

Veículos de imprensa podem conferir o Tutorial de Acesso específico.

Confira o release do Fórum do Futuro sobre o evento.