Ir direto para menu de acessibilidade.
AULA INAUGURAL

Câmpus da UFLA em São Sebastião do Paraíso recebeu a primeira turma de estudantes

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Sexta, 11 Março 2022 20:59 | Última Atualização: Sábado, 12 Março 2022 12:15 | Acessos: 2684
Gentileza solicitar descrição da imagem

O novo câmpus da Universidade Federal de Lavras (UFLA), no município de São Sebastião do Paraíso (MG), iniciou oficialmente suas atividades acadêmicas nesta sexta-feira (11/3). A manhã foi marcada pela aula inaugural da primeira turma de estudantes do curso do Bacharelado Interdisciplinar em Inovação, Ciência e Tecnologia (Bict), que constitui o primeiro ciclo de formação dos cursos de Engenharia Elétrica, Engenharia de Produção e Engenharia de Software, a serem também ofertados no local.

A aula magna foi proferida pelo secretário de Educação Superior do Ministério da Educação (Sesu/MEC), Wagner Vilas Boas de Souza. Ele abordou a “Inovação no Ensino Superior”, mencionando metas do Plano Nacional de Educação, como a que prevê elevação na taxa de matrícula na educação superior para a população de 18 a 24 anos, assim como a necessidade de expansão de ingresso no ensino público. Wagner abordou também o contexto atual para diferentes setores econômicos, as tendências das demandas por inovação, as perspectivas para o futuro no mundo do trabalho e as habilidades que passam a ser valorizadas nos profissionais. O secretário situou o papel do ensino superior nesse contexto, destacando a necessidade de novas metodologias de ensino e a preparação e formação de docentes para esse novo cenário. Wagner ressaltou, ainda, a importância da educação como mecanismo essencial para a mobilidade social.

Durante a cerimônia de abertura das atividades do câmpus, o reitor da UFLA, professor João Chysostomo de Resende Júnior, enfatizou a importância histórica do momento, por ser o primeiro câmpus da UFLA fora da sede, em Lavras. “É uma expansão que agrega valor à Instituição e constitui também conquista histórica da população de São Sebastião do Paraíso, porque uma universidade no município, ao longo do tempo, traz desenvolvimento e muitas oportunidades para a região”. O reitor lembrou que foram muitos os desafios para a concretização da implantação do câmpus, e que ainda existem outros a serem superados. Agradeceu as pessoas e as instituições que foram e são parceiras da UFLA nesse projeto, e ressaltou também o trabalho da equipe de servidores da Universidade: "tivemos a dedicação de uma equipe muito comprometida e empenhada. Não é fácil iniciar um câmpus com essa distância, a quase 5 horas de Lavras. Essa equipe abraçou o projeto".

De acordo com o pró-reitor de Graduação, professor Ronei Ximenes Martins, o formato dos cursos ofertados no novo câmpus é relativamente novo no Brasil, sendo mais conhecido na Europa. “É uma proposta que integra a formação das Engenharias com uma formação básica comum. Nós oferecemos oportunidade para quem quer ir para o mercado de trabalho, em postos de Ciência e Tecnologia, com três anos de formação, e a possibilidade de especialização nas engenharias”.

Os estudantes ingressantes manifestaram suas expectativas para a trajetória acadêmica que se inicia. Guilherme Henrique Silveira e Silva disse ser essa uma oportunidade de melhorar seu futuro e o futuro da sua família. “Vai ser difícil, porque toda graduação exige muito do aluno, mas eu tenho grandes expectativas”, avalia. A ingressante Vanusa Rodrigues de Oliveira acredita que, por ser um novo curso, “vai abrir novas portas para muitos estudantes”. A irmã de Vanusa, Vanessa Rodrigues de Oliveira também foi selecionada para a nova turma e realça a avaliação que fez da Instituição: “Quando eu descobri que ia ter um câmpus novo da UFLA, eu fiquei logo animada, porque a UFLA é uma universidade muito boa”.

Além do secretário da Sesu/MEC, do reitor e do pró-reitor de Graduação, estiveram presentes o vice-reitor da UFLA, professor Valter Carvalho de Andrade Júnior; o diretor do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação da UFLA (câmpus Paraíso), professor Fernando Henrique Ferrari Alves; o deputado estadual Antonio Carlos Arantes; o prefeito de São Sebastião do Paraíso, Marcelo Morais; o presidente da Câmara dos Vereadores de São Sebastião do Paraíso, Lisandro Monteiro; o presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles; e a equipe de pró-reitores da Universidade, assessores, superintendentes, diretores e outras autoridades.

O curso

O curso que tem início em São Sebastião do Paraíso é o Bacharelado Interdisciplinar em Inovação, Ciência e Tecnologia, primeiro ciclo de formação para as engenharias Elétrica, de Produção e de Software. Com um projeto pedagógico inovador, o curso tem duração de três anos e, após obter o diploma de nível superior, o estudante pode optar por cursar mais dois anos e obter diploma em uma das engenharias do novo câmpus. 

O primeiro processo seletivo foi realizado em dezembro de 2021, e ingressaram na primeira turma 12 estudantes. A previsão é de que a próxima turma, do segundo semestre letivo deste ano, já seja selecionada por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), e, em 2023, também pelo Processo de Avaliação Seriada (PAS). “Estrategicamente, teremos um

Estudantes da primeira turma do câmpus Paraíso, acompanhados de professores e outras autoridades que participaram da aula inaugural

aumento progressivo no número de estudantes, de forma que possamos fazer as adequações administrativas e acadêmicas ainda necessárias”, explica o reitor.

O câmpus da UFLA em S.S. Paraíso

Inaugurado em setembro de 2021, o novo câmpus já possui pavilhão de aulas, prédio das Incubadoras, prédio de Laboratórios, prédio de logística, campo de futebol e quadra multiuso. Localizado no bairro Jardim Mediterranée, o terreno possui 150 mil m2 e abrigará também espaços físicos de Biblioteca, Anfiteatro, prédio das Engenharias e Centro de Convivência, com obras e/ou projetos em andamento.

Assista à matéria em vídeo: