Ir direto para menu de acessibilidade.
Feira de tecnologias

Pesquisas e tecnologias da UFLA são apresentadas na Expocafé 2023

Escrito por Cibele Aguiar | Publicado: Sexta, 19 Mai 2023 18:25 | Última Atualização: Segunda, 22 Mai 2023 11:48
Gentileza solicitar descrição da imagem

A UFLA, por meio de seus pesquisadores, professores e estudantes, contribui de maneira significativa para o desenvolvimento técnico e científico da cafeicultura nacional. No contexto da Expocafé, a Universidade desempenha um papel fundamental na disseminação desses conhecimentos. Em sua 26ª edição, a UFLA participou ativamente da feira, apresentando palestras, tecnologias e experiências de degustações. 

No estande da UFLA, que esteve movimentado durante todo o período da feira, o público pode conhecer as atividades dos núcleos de estudo e empresas juniores que têm o café como temática, tomar um café especial oferecido pela equipe do projeto de extensão Cafezal, consultar as publicações da Editora UFLA e conhecer membros da comunidade acadêmica que estavam à disposição para o principal assunto: o café. Além do estande, a UFLA estava representada nas atividades do Ciência Móvel, Aroma e Sabores, Café e Saúde, Expocafé Mulheres e Espaço Produtor Inovador. A UFLA também estava presente nas dinâmicas de campo, com destaque para o Grupo de Extensão e Pesquisa em Agricultura Digital (Gecad), que demonstrou seu trabalho com um drone de pulverização. 

“A UFLA vem resgatando sua força e identidade dentro da Expocafé”, reforça a chefe do Departamento de Agricultura da Escola de Ciências Agrárias de Lavras (ESAL/UFLA), Dalyse Toledo Casteanheira. Isso porque a parceria entre a UFLA e a Expocafé vem lá do início, quando foi criada em 1998. E permanece, fortalecendo a colaboração entre a academia e o setor produtivo, impulsionando a inovação, a sustentabilidade e a qualidade na cafeicultura. “A UFLA e vários outros parceiros realizam esse importante trabalho pra cafeicultura da região, de Minas, do Brasil e do mundo. A cafeicultura não seria a mesma se não houvesse a Expocafé”, sinalizou o professor de cafeicultiura da UFLA, Rubens José Guimarães.

Tecnologias inovadoras

expocafé inbatecUma das novidades desta edição da Expocafé 2023 foi o Espaço Produtor Inovador, que ofereceu programação diária visando promover a interação de produtores com startups que desenvolvem novas soluções tecnológicas para a cadeia do café. O Núcleo de Inovação Tecnológica da UFLA e a equipe da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da UFLA (Inbatec) também estiveram presentes nessa ação, vivenciado a troca de conhecimento com os produtores e visitantes interessados em soluções tecnológicas para o setor cafeeiro. 

O coordenador da Inbatec, professor Denis Renato de Oliveira, ressalta o papel do Nintec e da Inbatec da UFLA na transformação das pesquisas científicas e tecnológicas conduzidas na universidade em novos produtos, o que possibilita a estruturação e desenvolvimento de novos negócios. "A apresentação das startups, mostrando soluções inteligentes e aplicáveis à cafeicultura, demonstra essa importância e o incentivo que a instituição dá à inovação e ao empreendedorismo”, considerou.

A Agropixel - Drones e Smart Farming e CEIFA – Mecanização Agrícola, duas empresas incubadas, apresentaram suas tecnologias na rodada de inovação. A Agropixel explora os recursos do monitoramento de cafezais via drone, tornando a digitalização da agricultura e o smart farming uma realidade. O Gerenciador de Colheita de Café é um equipamento desenvolvido para auxiliar o
cafeicultor na gestão da colheita mecanizada de suas lavouras, possibilitando o
planejamento da colheita, a adequada regulagem da colhedora e, assim, maior eficiência
operacional.

"Como um dos idealizadores e fundadores da feira, entendo que a inovação é um caminho tecnológico sem volta, e é importante um espaço como esse para que produtores e expositores exponham suas inovações. Nós da Ceifa, em parceria com o Nintec/Inbatec da UFLA, pudemos apresentar um dos nossos produtos tecnológicos mais consolidados, o Gerenciador de Colheita de Café. Essa oportunidade nos proporcionou o estabelecimento de importantes contatos e oportunidades de negócios", avalia o professor da UFLA Fábio Moreira da Silva.

O Coffeethon Pocket, uma maratona de ideias onde os participantes são estimulados a solucionarem problemas reais de mercado por meio de tecnologias inovadoras, usando ferramentas de modelagem de negócios, também contou com a participação da UFLA.  A ação foi programada pela equipe do programa Avança Café, coordenado pelas universidades federais de Lavras (UFLA) e Viçosa (UFV). 

“Hoje temos uma série de desafios na cafeicultura, como clima, preço e exportação. O Avança Café está aqui para transformar ideias inovadoras em negócios acessíveis para auxiliar na solução de alguns desses desafios do setor”, explicou a professora da UFLA e integrante do programa, Dalyse Toledo Castanheira. Ela complementou, dizendo “Podemos inovar e temos ferramentas no agro disponíveis para isso, mas às vezes não sabemos por onde começar. O que preciso entender para transformar uma ideia inovadora em um negócio, por exemplo? É aí que entra o Avança Café, para fazer essa ponte”. 

Aromas e Sabores

No Espaço Aromas e Sabores, a UFLA participou com a equipe do Núcleo de Estudos em Qualidade, Industrialização e Consumo de Café (QI Café), oferecendo uma oficina de degustação sensorial. A atividade ´Métodos de Preparo da Bebida´, apresentou quatro formas diferentes de preparo de um mesmo café (V60, prensa, Kalita e Globinho), abordando as diferenças sensoriais de cada uma delas na xícara. Os participantes tiveram a oportunidade de saborear a bebida e sentir os distintos perfis apresentados por cada método.

Expocafé Mulheres

expocafé mulheresEm sua 3ª edição e com o tema “Fortalecimento de lideranças femininas na cafeicultura”, a Expocafé Mulheres contou com apresentações feitas exclusivamente por mulheres ligadas ao café. Representando a UFLA, as professoras do Departamento de Química (DQI) Barbara Sayuri Bellete e Luciana Lopes Silva Pereira participarão, nesta quinta-feira (18/5), da mesa “A beleza que vem do café”, com a respectiva apresentação dos temas: “Aproveitamento de resíduos de café na indústria da beleza e da saúde” e “O café no desenvolvimento de cosméticos naturais”. 

Nesta sexta-feira, na mesa que discutiu a temática da comercialização, a professora Luisa Figueiredo, do Departamento de Ciências dos Alimentos (DCA/UFLA),  proferiu a palestra “Regulamentação e rotulagem de cafés”. Ela apresentou a linha de estudo desenvolvido na Universidade, com ênfase na legislação e regulamentação da rotulagem, buscando esclarecer aos profissionais das indústrias e produtores de café sobre a importância de disponibilizar rótulos corretos e com informações obrigatórias em seus produtos. 

A professora apresentou um panorama da legislação e explicou as mudanças do novo padrão oficial para o café torrado e moído, publicado em 2022 e que passou a valer a partir de janeiro deste ano. Durante a palestra, ela mostrou alguns erros comuns encontrados em rótulos de café, como informações que podem induzir o consumidor a equívoco, erro, confusão ou engano. Luisa Figueiredo também abordou aspectos sobre a qualidade sensorial, química e sanitária dos cafés que são comercializados.  

Você é da UFLA e participou de alguma ação na Expocafé, poste sua foto no Instagram e marca @uflabr   

expocafé grupo

 

Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.