Ir direto para menu de acessibilidade.
Representações

Reunião na Reitoria agrega representações para deliberações sobre o pós-greve

Escrito por Cibele Aguiar | Publicado: Quinta, 04 Julho 2024 17:33 | Última Atualização: Sexta, 05 Julho 2024 15:07
Gentileza solicitar descrição da imagem

Na quarta-feira (3/7), representantes dos comandos locais de greve e representações das categorias dos docentes, técnicos administrativos e estudantes participaram de reunião na Reitoria da Universidade Federal de Lavras (UFLA) para apresentação de pontos importantes acerca do retorno às atividades no período pós-greve. 

A reunião foi mediada pelo reitor, professor José Roberto Scolforo, com a presença do vice-reitor, professor Jackson Barbosa, da pró-reitora de Graduação, professora Mírian Monteiro Graciano, do pró-reitor de Gestão de Pessoas, professor Dany Flávio Tonelli e da diretora de Gestão Estratégica/Progepe, Alessandra de Paula Moraes. 

Scolforo iniciou a reunião apresentando o cenário institucional e as perspectivas para a educação pública, com ênfase no desafio da evasão escolar e a necessária flexibilização dos processos que envolvem a atração, formação e permanência do estudante universitário. O reitor destacou em sua fala que o retorno às atividades seguirão os acordos assinados pelas categorias, com atenção especial a minimizar os impactos do restabelecimento das rotinas acadêmicas para toda a comunidade universitária.  

As representações estudantis da graduação (DCE) e pós-graduação (APG) colocaram em pauta a necessidade de flexibilização para o retorno seguro, sobretudo, quanto ao abono de faltas em casos especiais de deslocamentos, trancamento de componentes curriculares, avaliações e regime especial às mães e pais solos no período de férias escolares. Eles destacaram a necessidade de um olhar humanizado nesse período atípico, com atenção à saúde mental e à qualidade do ensino. 

Para a categoria dos técnicos administrativos, representados pelo Sindicato dos Técnicos Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino de Lavras (Sind-UFLA), foi assegurada a reposição do período por meio do restabelecimento das rotinas de trabalho e a realização das atividades represadas. Também ficou decidida a elaboração de uma minuta detalhando os pontos acordados, tanto para os servidores em regime presencial, como os que aderiram ao regime estabelecido pelo Programa de Desenvolvimento Pessoal (PGD). 

As representações da categoria docente, representados pela Associação dos Docentes da Universidade Federal de Lavras (Adufla), destacaram o apoio aos demais segmentos na reorganização do calendário apreciado e aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) e apontaram as questões abordadas pelo Conselho de Graduação (Congrad). Também pediram que pautas locais e antigas da categoria sejam avaliadas pela nova gestão.  

Mobilização unificada permanente

O ponto comum entre as três categorias reunidas foi o desejo de que a mobilização coletiva, unificada pelo movimento grevista, tenha continuidade para a apresentação e debate de pautas internas que impactam a Universidade. Consciente da importância de um canal democrático para uma escuta ativa das categorias, Scolforo sugeriu a formalização de um fórum permanente de representações, firmando o compromisso de participar ao menos de um encontro semestral para a discussão e acolhimento das demandas e para o fortalecimento da comunidade universitária. 

 

 
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.
Participante do Programa Nacional de Prevenção à Corrupção