Ir direto para menu de acessibilidade.
Apresentação

UFLA tem representantes em evento internacional

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Terça, 07 Agosto 2018 10:40 | Última Atualização: Terça, 07 Agosto 2018 10:40 | Acessos: 1217
Gentileza solicitar descrição da imagem

O professor Thiago Bernardes e a doutoranda Luciana Lima representaram o Departamento de Zootecnia (DZO) e o Programa de Pós Graduação em Zootecnia da Universidade Federal de Lavras (PPGZ/UFLA) no International Silage Conference, que ocorreu na Alemanha. No primeiro dia do evento, foram apresentados os resultados parciais de duas pesquisas desenvolvidas pela equipe do Núcleo de Estudos sobre Forragicultura (Nefor): "Índice de pH como método para identificar deterioração aeróbia em silagens" e "Levantamento de híbridos de milho para silagens de planta inteira em clima quente". 

A 18° edição da Conferência Mundial sobre Silagem ocorreu na cidade de Bonn, Alemanha. O evento contou com a participação de mais 400 pessoas, as quais representaram mais de 40 países. Quatro trabalhos da UFLA foram apresentados, sendo três deles na forma de poster e um foi escolhido pela comissão científica do evento para apresentação oral.

O trabalho escolhido para apresentação oral mostrou resultados de uma pesquisa que tem parceria com a University of Turin, Itália. Esse estudo é uma inovação na área de manejo da silagem, uma vez que um método está sendo criado para que os produtores possam reduzir perdas de silagem de milho no momento do fornecimento do alimento aos animais. Além disso, o professor Thiago Bernardes foi convidado pela comissão organizadora para moderar uma das sessões da reunião (Advances in Silage Research).

A estudante de doutorado, e pertencente ao Nefor, Luciana Lima, foi outra participante do evento. Atualmente, ela está desenvolvendo o seu doutorado sanduíche na University of Wisconsin e apresentou os dados até agora coletados. A tese dela versa sobre a produção e valor nutritivo de híbridos de milho para a produção de silagem em cinco estados brasileiros e em três países (Itália, Alemanha e Estados Unidos).

Ana Carolina, estagiária Dcom/UFLA