Ir direto para menu de acessibilidade.
SOLOS

Com recursos do Capes PrInt, professor da Texas Tech University participou de atividades no DCS

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Quarta, 27 Novembro 2019 14:40 | Última Atualização: Quarta, 27 Novembro 2019 15:11 | Acessos: 627
Gentileza solicitar descrição da imagem

O Departamento de Ciência do Solo (DCS), da Universidade Federal de Lavras (UFLA), recebeu, na última semana, o professor da Texas Tech University (EUA) David Weindorf. Ele ofertou um minicurso a professores, estudantes de pós-graduação e de iniciação científica e técnicos de laboratório. Trinta e cinco participantes estiveram presentes. As atividades foram realizadas entre os dias 18/11 e 25/11 e atendem aos objetivos de internacionalização da UFLA.

O minicurso “Proximal sensor applications for optimized food security in Brazil” integra as ações e utiliza recursos do Programa PrInt-Capes UFLA. Os participantes puderam adquirir conhecimentos sobre técnicas modernas para caracterização de solos envolvendo o uso de sensores. De acordo com a estudante de doutorado Camila Borges, foi uma experiência de internacionalização valiosa. “O grupo de pesquisa do DCS é muito focado. A vinda do professor David Weindorf estreita os laços de cooperação em pesquisa entre universidades brasileiras e norte-americanas, o que contribui sobremaneira com a pesquisa nacional”.  Camila comentou que foi possível não apenas adquirir maior fundamentação teórica a respeito de novas tecnologias aplicadas à ciência (fluorescência de raios - x, espectroscopia do visível e infravermelho próximo), como a experiência também permitiu o uso de vários equipamentos (pXRF, VIS-NIR, Nix) para fins de ensino e pesquisa. “Com todo seu carisma, didática e entusiasmo, o professor Weindorf mostrou que a ciência, além de ser imprescindível para nossa sociedade, também pode ser divertida e empolgante”. 

Organizaram o evento os professores Bruno Teixeira Ribeiro,  Sérgio Henrique Godinho Silva,  Luiz Roberto Guimarães Guilherme, Nilton Curi,  Michele Duarte de Menezes,  Junior César Avanzi, a técnica de laboratório Geila Carvalho e a estudante de pós-graduação Camila Borges. O minicurso contou com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo, da chefia do DCS e da Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PRPG).  

Segundo o professor Bruno Ribeiro, a relação do DCS/UFLA com o professor David Weindorf iniciou-se em 2017 e, de lá para cá, muitos trabalhos de pesquisa têm sido desenvolvidos em parceria com a Texas Tech University, envolvendo o uso de sensores para caracterização de solos. "O minicurso ofertado ao Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo (PPGCS) foi muito produtivo, estimulou os estudantes, professores e técnicos, e fortaleceu a relação entre a UFLA e a Texas Tech Univerisity para trabalhos futuros", avalia Bruno. 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.