Ir direto para menu de acessibilidade.
MISSÃO À CHINA

UFLA tem seu primeiro instrumento de cooperação celebrado com uma universidade chinesa

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Segunda, 03 Julho 2023 08:54 | Última Atualização: Segunda, 03 Julho 2023 08:54
Gentileza solicitar descrição da imagem
O reitor da Universidade Normal de Hebei e o reitor da UFLA assinaram o instrumento de cooperação entre as instituições em 30/6.

Durante a missão da delegação brasileira à China, na qual a Universidade Federal de Lavras (UFLA) está representada, foi assinado um acordo de cooperação entre a Instituição e a Universidade Normal de Hebei, localizada em Shijiazhuang, província de Hebei.  O programa de internacionalização da UFLA possui agora 117 acordos vigentes com instituições educacionais estrangeiras de 33 países, e a parceria assinada em 30/6 é o primeiro instrumento celebrado com uma organização do país asiático.

Delegação brasileira na Universidade Normal de Hebei
Delegação brasileira na Universidade Normal de Hebei

O acordo, que estará em vigor por cinco anos, estabelece relações de cooperação teórica e prática em diversas áreas acadêmicas, incluindo a possibilidade de intercâmbio para estudantes de graduação e pós-graduação, com reconhecimento mútuo de créditos; intercâmbio de docentes para visitações, instruções, pesquisas e estudos; intercâmbio de materiais e publicações educacionais e realização conjunta de conferências, entre outras ações. 

A Universidade Normal de Hebei admite anualmente mais de 600 estudantes estrangeiros, possui mais de 40 cursos de pós-graduação stricto sensu e mais de 90 na graduação, abrangendo dez áreas principais, incluindo literatura, história, arte, economia, administração, direito, educação, ciência, tecnologia e filosofia, segundo informações disponibilizadas pela instituição. Além da UFLA, outras quatro universidades brasileiras assinaram o instrumento de cooperação. A delegação foi recebida pelo reitor da Universidade Normal de Hebei, Liu Jingze, que assinou o instrumento de cooperação, e pelo diretor geral do Departamento de Educação da província de Hebei, Hou Jianguo.

Apresentação das instituições brasileiras do Sudeste durante programação na Universidade Normal de Hebei
Apresentação das instituições brasileiras do Sudeste durante programação na Universidade Normal de Hebei

Agenda para outras parcerias

Na mesma data (30/6), os reitores do Brasil apresentaram, na Universidade de Hebei, as instituições brasileiras ao público local. Durante o encontro, o reitor da UFLA, professor João Chrysostomo de Resende Júnior, foi um dos quatro conferencistas, e  apresentou  as informações referentes às universidades do Sudeste brasileiro.

“Tivemos também a oportunidade de receber, no local, para reuniões, reitores de várias universidades da província de Hebei, para tratar de possíveis acordos. No caso da UFLA, foram dez conversas bilaterais com instituições chinesas”, informa o professor João Chrysostomo.

A missão da delegação brasileira à  China é promovida e custeada pela Universidade Normal de Hebei (HNU), da China, e foi programada em parceria com o Grupo de Cooperação Internacional de Universidades Brasileiras (GCub). A UFLA foi uma das escolhidas para integrar a delegação brasileira - composta por 22 participantes.  O objetivo é o  fortalecimento da colaboração acadêmica e científica entre os dois países, por meio do estabelecimento de redes de intercâmbio entre as universidades brasileiras associadas ao GCub e as universidades da China. A programação começou em 26/6 e vai até 7/7.

 
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.