Ir direto para menu de acessibilidade.
TRATATIVAS INTERNACIONAIS

UFLA fecha protocolos de intenções com 7 instituições de ensino em Cuba

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Sexta, 09 Fevereiro 2024 18:15 | Última Atualização: Terça, 20 Fevereiro 2024 08:59
Gentileza solicitar descrição da imagem
Durante a viagem, uma das instituições com as quais se estabeleceu Protocolo de Intenções foi a Universidad Agraria de la Habana

A Universidade Federal de Lavras (UFLA) formalizou, nesta semana, protocolos de intenções visando a estabelecer parcerias com sete instituições de ensino cubanas. A assinatura dos documentos foi feita pelo reitor, professor João Chrysostomo de Resende Júnior, durante missão acadêmico-científica da qual participou, em Havana, de 5/2 a 9/2. A UFLA possui 114 Acordos de Cooperação internacionais vigentes e, a partir dos protocolos assinados, poderá caminhar para implementar as primeiras parcerias no país da América Central.

As instituições com as quais foram pactuados os protocolos foram a Universidad de Las Tunas, Universidad de Camagüey "Ignacio Agramonte Loynaz", Universidad de Ciencias Médicas de la Habana, Universidad de Ciencias de la Cultura Física y el Deporte “Manuel Fajardo”, Escuela Superior de Cuadros del Estado y del Gobierno, Universidad de Artemisa e Universidad Agraria de la Habana "Fructuoso Rodríguez Pérez". Os documentos manifestam o interesse conjunto das instituições em viabilizar a cooperação técnica, científica, educacional e cultural para o desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão em áreas de mútuo interesse, visando ao desenvolvimento e à execução de programas, projetos, estudos e serviços técnicos de forma integrada. Em um segundo momento, tratativas e negociações são feitas para a assinatura de Acordos de Cooperação entre as instituições.

De acordo com o reitor, a perspectiva de parceria com as instituições é promissora. “Talvez essa tenha sido uma das missões mais produtivas, pelo número de protocolos assinados. As instituições estão ávidas por cooperação, e são áreas bastante importantes para a UFLA. Cuba é uma referência na área de saúde, e para nós será excelente a oportunidade de intercâmbio de discentes e docentes dos cursos de Medicina e Nutrição, por exemplo. Firmamos protocolo com uma instituição referência nos esportes, com força no atletismo, pensando na contribuição para nosso curso de Educação Física. Na área de produção de alimentos, nas ciências agrárias, tivemos uma interlocução muito boa com a Universidade Agrária de Havana. Então, fechamos a programação com sete protocolos assinados e pelo menos mais cinco negociados, para posterior formalização”, relata. 

A Diretoria de Relações Internacionais (DRI) da UFLA tem atuado na prospecção de novas possibilidades de parceria, com o intuito de favorecer e expandir os intercâmbios de estudantes, docentes e técnicos. Segundo a diretora

Protocolo de Intenções também foi assinado com a Universidad de Las Tunas

de Relações Internacionais, professora Patrícia Paiva, a promoção de colaborações em pesquisas é outra premissa. “Dessa forma, esses contatos e a assinatura dos protocolos de intenções indicam novas possibilidades para ampliar a inserção e visibilidade da UFLA, consolidando sua posição no cenário global”.

Missão em Cuba

A viagem a Cuba foi organizada pelo Grupo de Cooperação Internacional de Universidades Brasileiras (GCub) e mobilizou 22 brasileiros representantes de universidades associadas ao GCub. O ponto central da programação foi o  evento bienal voltado a reitores, autoridades governamentais, pesquisadores e outros profissionais vinculados a instituições de Educação do mundo todo - o “Universidad 2024" - 14° Congresso Internacional de Educação Superior". O tema norteador das discussões foi "Educación Superior del Futuro: transformación social, calidad, pertinencia y sostenibilidad". 

Parte integrante do Congresso foi a 4ª reunião preparatória para o encontro de acompanhamento da Conferência Regional de Educação Superior América Latina e Caribe 2018 (Cres). Realizada em 2018, na Argentina, a Conferência deu origem ao plano de Ação 2018-2028, e ficou estabelecido o compromisso de realização de uma reunião de acompanhamento cinco anos depois (Cres+5) para avaliar o progresso alcançado e os desafios ainda existentes, especialmente após a crise pandêmica da Covid-19.

A Cres+5 está agendada para 13 a 15 de março de 2024 em Brasília, organizados setores e órgãos do Ministério da Educação e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). A Associação Nacional de Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) também está contribuindo com os trabalhos. A reunião preparatória, em Havana, ocorreu nos dias 7/2 e 8/2.

 

Clique na foto abaixo para acessar outras imagens:

 

 

 

 
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.