Ir direto para menu de acessibilidade.
ufla na mídia

Produção de castanha-do-pará na UFLA é destaque no jornal da EPTV. Uma solução para a extinção da espécie.

Escrito por Camila Caetano | Publicado: Terça, 02 Abril 2019 11:29 | Última Atualização: Quinta, 23 Setembro 2021 22:53
Gentileza solicitar descrição da imagem

A primeira produção de castanha-do-brasil, ou castanha-do-pará, fora da região de ocorrência natural da espécie é realizada no câmpus da Universidade Federal de Lavras (UFLA) por pesquisadores do Departamento de Ciências Florestais (DCF). O experimento que já está em fase de frutificação com castanhas saudáveis foi destaque no jornal da EPTV, confira aqui a matéria completa.

É válido destacar que atualmente a castanha-do-brasil é uma espécie em extinção, por isso o objetivo da pesquisa é incentivar a produção fora do ambiente natural. O plantio experimental na UFLA foi realizado com mudas produzidas a partir de sementes coletadas em locais de ocorrência natural do Mato Grosso.

Para estudar a espécie nas condições de Lavras, o acompanhamento será feito durante 36 meses. A expectativa é que os resultados desta pesquisa proporcionem novos conhecimentos sobre a ecologia e silvicultura da espécie, possibilitando plantios fora da região de origem e gerando perspectivas econômicas para propor seu plantio e manejo a produtores rurais e empresários que tenham interesse em produzir a castanha-do-brasil.

Confira aqui a matéria completa produzida por Greicielle Santos- bolsista Dcom/Fapemig 

Esse conteúdo de popularização da ciência foi produzido com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais - Fapemig.