Ir direto para menu de acessibilidade.
INSEGURANÇA ALIMENTAR INFANTIL

UFLA no combate à Insegurança Alimentar Infantil em Lavras

Escrito por Caroline Souza | Publicado: Terça, 01 Setembro 2020 14:31 | Última Atualização: Terça, 01 Setembro 2020 15:13 | Acessos: 177

Projeto em parceria com a Prefeitura permite intervenções para garantir alimentação saudável

Gentileza solicitar descrição da imagem

Estudos mostram que a falta de vitaminas e minerais na alimentação de crianças influencia o rendimento escolar. Com a carência alimentar e nutricional, os alunos se distraem mais facilmente, dormem durante as aulas e demonstram pouco interesse por situações rotineiras. Além disso, o baixo peso também traz prejuízos à saúde e pode acarretar uma desnutrição crônica. Devido a essa problemática, estudantes, professores e especialistas em diversas áreas uniram esforços para analisar os fatores socioeconômicos relacionados ao consumo alimentar e a condição de insegurança alimentar e nutricional de crianças na fase pré-escolar em Lavras. Os resultados mostram, por exemplo, que 16,9% das crianças que passaram pela pesquisa possuíam deficiência de ferro e 22,7% estavam com sobrepeso.

Nessa fase pré-escolar, muitas crianças permanecem por longos períodos nas escolas ou creches, que acabam exercendo impactos relevantes em suas vidas. O nutricionista Luiz Felipe de Paiva Lourenção, do Programa de Pós-Graduação do Departamento de Ciências da Saúde da UFLA (DSA), salienta que “as instituições públicas de Educação Infantil não possuem apenas caráter assistencial, consequência das transformações socioeconômicas atuais, mas também espaços formadores de saúde e educação”. E esse acompanhamento nutricional adequado na infância é fundamental para um completo crescimento.

Leia mais em: Portal da Ciência UFLA

Texto: Caroline Batista – Bolsista Comunicação / UFLA

 

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.