Ir direto para menu de acessibilidade.
Trabalho considerado VIP

Trabalho de pesquisadores da UFLA envolvendo ácidos e bases de Lewis vira capa e ganha status VIP em revista internacional

Escrito por Paula Terra | Publicado: Quinta, 03 Dezembro 2020 16:45 | Última Atualização: Sexta, 04 Dezembro 2020 12:15 | Acessos: 638

Um trabalho realizado por pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Agroquímica do Instituto de Ciências Naturais da Universidade Federal de Lavras (ICN/UFLA) foi capa e considerado Very Important Paper (VIP – Artigo muito importante) pela conceituada revista internacional Chemistry – An Asian Journal. Isso significa que os resultados desse trabalho foram considerados entre os 10% mais relevantes. A publicação é parte do trabalho de doutorado de Daniela Rodrigues Silva em conjunto com o também doutorando Lucas de Azevedo Santos.

Daniela explica que se trata de uma pesquisa de base, ou seja, que gera conhecimento para ser aplicado em outras pesquisas, as chamadas pesquisas aplicadas. Neste caso, os autores estudaram os ácidos e bases de Lewis, moléculas que se conectam de uma maneira em que uma doa um par de elétrons para outra, formando então um complexo. De acordo com Daniela, é preciso que tais moléculas se deformem para poderem finalmente se ligarem e que os livros de Química explicam que essa ligação é governada por uma atração quântica entre as moléculas.

A pesquisa então demonstrou, por meio de cálculos quântico-computacionais, que, na verdade, a energia associada a essa deformação possui um papel decisivo na força da ligação. Em outras palavras, a ligação mais forte é observada em moléculas que se deformam mais facilmente, e não necessariamente naquelas que se atraem mais fortemente.

 Com estudos mais aprofundados sobre o comportamento dessas moléculas modelo, a ciência pode avançar no desenvolvimento de novos produtos, como, por exemplo, agroquímicos, o que consequentemente acarreta mudanças no manejo da terra e na produtividade de alimentos. Além disso, essa classe de compostos é também utilizada para limpeza de materiais pesados no solo, sendo importante para a saúde humana.

A pesquisa contou ainda com a colaboração do professor Matheus Puggina de Freitas, do Departamento de Química da UFLA, e dos professores da Vrije Universiteit Amsterdam, Célia Fonseca Guerra e Trevor A. Hamlin. O trabalho teve suporte financeiro da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), além da The Netherlands Organization for Scientific Research (NWO). O artigo pode ser gratuitamente acessado em: https://doi.org/10.1002/asia.202001127

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.