Ir direto para menu de acessibilidade.
REVISTA CIÊNCIA EM PROSA

Pesquisa utiliza silagem de espiga de milho e resíduos de colheita para alimentar novilhos

Escrito por Claudinei | Publicado: Terça, 04 Mai 2021 13:55 | Última Atualização: Terça, 04 Mai 2021 13:55 | Acessos: 78
Gentileza solicitar descrição da imagem
A dieta para novilhos feita com silagem da espiga de milho e resíduos da colheita pode substituir outras dietas

Um longo processo acontece para que uma carne bovina de boa qualidade chegue até os consumidores. Tudo começa ainda no campo, durante a alimentação dos novilhos. Muitos produtores investem em plantações das quais possa ser retirada essa alimentação, e o milho é uma das mais utilizadas. Mas, o grande desafio é saber a sua qualidade. Além disso, surge um outro problema: o que fazer com o resíduo que permanece no campo após a colheita do milho, quando colhido para silagem de espigas?

Pensando nesses fatores, um estudo inédito no País, realizado por pesquisadores do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras (DZO/UFLA), obteve resultados importantes, com proposição de uma nova técnica de alimentação de gado. A pesquisa utilizou a silagem de espiga de milho, e a proposta é que essa seja uma alternativa para uma dieta balanceada, prezando pela qualidade da carne. A ideia é que o resíduo, que fica no campo após a colheita, também complemente a alimentação.

Leia a reportagem completa no Portal da Ciência.

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.