Ir direto para menu de acessibilidade.
Premiação

Egresso da UFLA ganha prêmio "Benedito de Souza Bueno"

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quarta, 21 Julho 2021 15:15 | Última Atualização: Quarta, 21 Julho 2021 15:18 | Acessos: 584

Trabalho de conclusão do curso de Engenharia Civil conquistou o primeiro lugar nacional na área de tecnologia em geossintéticos.

Mateus durante TCC online
Mateus durante apresentação online do TCC que foi premiado.

 O egresso de Engenharia Civil da Universidade Federal de Lavras (UFLA) Mateus Henrique Sottani Soares conquistou o prêmio de melhor Trabalho de Conclusão de Curso oferecido pelo Comitê Técnico de Geossintéticos da Associação Brasileira das Indústrias de Não Tecidos e Tecidos Técnicos (Abint) em parceria com a Associação Brasileira de Geossintéticos (IGS). A premiação anual é voltada para pesquisas de iniciação científica e de conclusão de curso desenvolvidas em instituições de ensino brasileiras com temas relacionados aos geossintéticos.

O trabalho intitulado "Análise numérica do comportamento de muros de solo reforçado de faces plana e côncava com diferentes alturas" foi orientado pela professora da Escola de Engenharia (EE) Raquel Mariano Linhares e obteve o primeiro lugar em nível nacional na categoria.

Para Mateus, ter conquistado o primeiro lugar nacionalmente, em uma disputa com instituições que são clássicas no ensino e pesquisa em Geotecnia e Geossintéticos foi uma grande honra e alegria. “Esse é o resultado de um trabalho desenvolvido durante um ano, durante uma pandemia, com discussões remotas e todas as adversidades geradas, mas que não impactaram o resultado da pesquisa. O reconhecimento obtido por meio dessa premiação me possibilita um melhor posicionamento no mercado e na academia, além de reafirmar a posição da UFLA entre as instituições brasileiras que estão desenvolvendo relevantes pesquisas na área da Geotecnia”, disse. A professora Raquel comemora: “orientados são nossos ‘filhos acadêmicos’, então todas as conquistas deles são também nossas conquistas”, completa.

Sobre a pesquisa

A pesquisa de Mateus foi sobre Muros de Solo Reforçado (MSR), uma estrutura utilizada para a contenção de encostas que tem a função de impedir deslizamentos de terra. “Essa é uma estrutura feita com solo compactado com reforços de grelhas poliméricas, porém há diversos fatores que podem influenciar no desempenho dessa estrutura, como o tipo de faceamento, a altura do muro, as propriedades do solo de aterro, a rigidez dos reforços, a compactação, entre outros. Por isso, são necessárias pesquisas como a do Mateus sobre a geometria da face desse muro”, explica a professora Raquel.

O TCC de  Mateus mostrou que a geometria da face interfere no comportamento do muro, visto que muros de face côncava apresentaram menores tensões de tração nos reforços e deslocamentos laterais do que muros de face plana, para a inclinação de face estudada. Para as análises foi utilizado um software que trabalha com modelagens numéricas empregando o método dos elementos finitos. Além do trabalho do Mateus, outras pesquisas sobre muros de solo reforçado têm sido realizadas na UFLA.