Ir direto para menu de acessibilidade.
Pesquisa

Pesquisa da Pós-Graduação em Administração analisa implementação das normas do PNE à luz da Teoria da Ação Empreendedora

Escrito por Mathews Silva | Publicado: Quinta, 02 Dezembro 2021 11:41 | Última Atualização: Terça, 04 Outubro 2022 17:40
Gentileza solicitar descrição da imagem

Uma pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Lavras analisou ações desenvolvidas por instituições educacionais públicas com vistas à transformação da gestão escolar, a fim de implementar as normas estabelecidas no Plano Nacional de Educação (PNE).  Os resultados apontaram que a Interação Família-Escola conseguiu aproximar os familiares das instituições educacionais nesse processo.

Sob a orientação da professora Daniela Meirelles Andrade do Departamento de Administração e Economia (DAE-UFLA), a estudante Camila de Assis Silva desenvolveu sua dissertação de mestrado no formato de três artigos. O estudo procura compreender a gestão escolar e o PNE com base na Teoria da Ação Empreendedora Pública , que foca em melhorar questões sociais através de ações coletivas realizadas por pessoas e organizações.

A pesquisa teórico-empírica é apresentada no terceiro artigo, que discute a aplicação da teoria da ação empreendedora no setor público municipal, especificamente da Interação Família-Escola. De abordagem qualitativa e explicativa, a pesquisa foi realizada entre os meses de setembro e novembro de 2019, por meio do estudo de casos múltiplos, na cidade de Varginha (MG). O objetivo geral do estudo foi analisar a criação e o desenvolvimento da ação Interação Família-Escola em instituições educacionais sul-mineiras, na perspectiva da teoria da ação empreendedora.

Para o estudo em Varginha, foram analisados um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) e uma escola que atua desde os anos iniciais até o 5º ano do ensino fundamental. De acordo com Camila, após uma reunião, foram selecionados dez membros familiares, duas funcionárias da Secretaria de Educação de Varginha, três gestores do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e duas gestoras do CMEI para participar da pesquisa. Os instrumentos de coleta de dados consistiram em entrevista, grupos focais e documentos secundários, constituídos por artigos científicos, dissertações de mestrado e sites, que abordaram conteúdos referentes à gestão escolar, ao PNE e à ação empreendedora. Os dados foram examinados por meio da análise de conteúdo, que consiste em uma metodologia utilizada para interpretar e explicar o que está contido nos documentos e textos, permitindo reinterpretar as mensagens e ampliar o entendimento dos significados que estão além da leitura.

Após a análise da ação Interação Família-Escola, foi possível constatar que se trata de uma ação empreendedora pública, por ter sido realizada coletivamente pelas pessoas envolvidas e pelo foco nos resultados. A Teoria da Ação Empreendedora pode, portanto, ser utilizada para compreender a gestão escolar, no que se refere à aplicabilidade do PNE para o desenvolvimento da educação municipal.

A ação empreendedora Interação Família-Escola ocasionou a aproximação entre a família e as instituições educacionais, por meio de atividades interativas entre familiares, escola e alunos. As ações educacionais analisadas permitem que os gestores inovem em suas atividades, o que irá refletir na vida dos alunos, da família e de toda a sociedade. Além disso, os resultados apontaram para a importância dessa ação na vida de todos os envolvidos: a família passou a ter mais conhecimento e aproximação da vida escolar dos seus filhos, e os alunos reagiram a essa aproximação de forma positiva.

Texto: Mathews de Oliveira Silva, bolsista Proat     Revisão: Gláucia Mendes

 

Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.