Ir direto para menu de acessibilidade.
Produção de cervejas

Lúpulo brasileiro: pesquisa inédita mostra possíveis caminhos para o cultivo da planta no País

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Terça, 29 Março 2022 14:44 | Última Atualização: Terça, 29 Março 2022 14:44 | Acessos: 426

 Um dos principais ingredientes da cerveja, o lúpulo ainda é pouco cultivado em climas quentes e estudos fisiológicos moleculares podem ser a solução

pesquisadores do lúpulo
Pós-doutor Raphael Ricon de Oliveira, mestrando Robert Márquez Gutiérrez e professor Antônio Chalfun Júnior

 Uma das principais matérias-primas utilizadas na produção de cervejas, o Lúpulo (Humulus lupulus) teve sua primeira pesquisa de pós-graduação defendida na Universidade Federal de Lavras (UFLA). Estudos inéditos com a trepadeira, nativa da Europa, Ásia ocidental e América do Norte, e acostumada às baixas temperaturas, buscam encontrar informações sobre seu desenvolvimento e manejo em solos brasileiros.

Embora a produção brasileira ainda seja tímida, produtores tendem a seguir o modelo europeu de cultivo da planta. “Inicialmente, nossas pesquisas procuram entender o mecanismo do comportamento do Lúpulo aqui no Brasil e, ao mesmo tempo, aproveitar nosso know-how na área de fisiologia molecular para saber quais são os genes que estão controlando o desenvolvimento reprodutivo da planta”, comenta o professor Antônio Chalfun Júnior, do Instituto de Ciências Naturais (ICN/UFLA).

Em outras palavras, os estudos buscam entender o desenvolvimento da planta nas regiões subtropicais do País e quais são os fatores responsáveis pela floração, para propor métodos de manejo, uma vez que as flores são a matéria-prima utilizada no processo de fabricação das cervejas. Elas possuem uma substância dourada chamada de lupulina, responsável pelo amargor e aroma característicos das cervejas, além de outras propriedades que diferenciam a qualidade do produto final. 

 Confira a reportagem completa na página Ciência UFLA