Ir direto para menu de acessibilidade.
Prêmio Capes de Tese

Tese de doutorado do programa de Pós-Graduação em Administração recebe menção honrosa pela Capes

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quinta, 18 Agosto 2022 17:40 | Última Atualização: Segunda, 22 Agosto 2022 14:54

Pesquisa realizada em parceria com a Lancaster University envolveu sustentabilidade e cadeia produtiva do café.

pesquisadora apresentando o trabalho no Reino Unido

 A pesquisa de doutorado “Sustentabilidade em cadeias de suprimentos globais: uma perspectiva de fornecedores de economia emergente”, da egressa do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Lavras (PPGA/UFLA) Michele Morais Oliveira Pereira, foi contemplada com a menção honrosa da 17ª edição do Prêmio Capes de Tese. 

O estudo buscou compreender como os produtores de café da região do cerrado mineiro têm gerenciado sua sustentabilidade e como suas iniciativas nesse sentido afetam toda a cadeia produtiva do grão. A pesquisa de Michele, que atualmente é docente da Universidade Federal de Viçosa (UFV), foi realizada em parceria com a Lancaster University, no Reino Unido. 

De acordo com a pesquisadora, a escolha do tema veio de um interesse pessoal pela sustentabilidade. “Desde a graduação me interessei pela temática e fui aplicando em diferentes projetos de extensão e do mestrado. No doutorado, o interesse se juntou à questão da cafeicultura, isso porque a universidade onde trabalho está no Cerrado Mineiro e tive contato com empresas focadas em certificações de sustentabilidade - uma delas até ganhou um prêmio de fazenda mais sustentável do Brasil. Então, ao cursar as disciplinas do doutorado, fui estudando e aprimorando o projeto e percebi como ele seria relevante em termos científicos e gerenciais. Aí chegamos nessa abordagem da gestão da sustentabilidade em cadeia de suprimentos sob a perspectiva dos fornecedores, que geralmente são pouco ouvidos em pesquisas dessa área”, explica.

Entre os resultados do estudo, encontram-se a importância de parcerias entre os próprios cafeicultores (cooperativas e federação) e instituições de pesquisa e de ensino superior para divulgação do conhecimento especializado em sustentabilidade, além da implementação/manutenção das certificações, que têm levado a melhorias da sustentabilidade nas operações.

O estudo teve início em junho de 2018 e parte dele foi concluído em abril de 2021, com a finalização do doutorado de Michele. Outros dois projetos continuam em andamento com os cafeicultores da região e serão finalizados em dezembro deste ano. Pesquisadores e instituições: Michele Morais O. Pereira (Universidade Federal de Viçosa - Campus Rio Paranaíba) Luiz Marcelo Antonialli (Universidade Federal de Lavras) Marilia Bonzanini Bossle (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do  Sul) Linda C. Hendry (Lancaster University - Reino Unido) Minelle E. Silva (Excelia Business Schoool - França)

Na UFLA, Michele foi orientada pelo professor Luiz Marcelo Antonialli, da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (FCSA/UFLA). Segundo o professor, “esse agraciamento do Prêmio Capes de Tese é uma evidência de que o objetivo do PPGA de formar mestres e doutores qualificados está sendo cumprido. Além da menção honrosa recebida, referente à tese da Michele, a egressa do mestrado no PPGA/UFLA, Jussara Jéssica Pereira, agora doutora pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), foi contemplada com o primeiro lugar no Prêmio Capes”, comenta o docente.

Essa é a terceira vez que o Programa de Pós-Graduação em Administração da UFLA recebe uma menção honrosa do Prêmio Capes de Tese. O coordenador do PPGA, professor Daniel Carvalho de Rezende, esclarece que neste ano houve dificuldade em enviar a tese representante do programa, já que a qualidade dos trabalhos defendidos era muito alta. “Optamos pela tese da Michele devido a alguns diferenciais, como: o fato de já ter alguns artigos oriundos dela publicados em periódicos internacionais; ter sido escrita em inglês, e também ter sido fruto de um doutorado sanduíche em parceria com uma instituição de renome, que é a Lancaster University. Estamos agora na expectativa da avaliação quadrienal do programa, e essa menção é um fator importante, que tem peso na reputação do PPGA, um dos primeiros programas de pós-graduação stricto sensu da UFLA”. 

Sobre a premiação

Promovido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o prêmio reconhece os melhores trabalhos de conclusão de doutorado defendidos no Brasil. Nesta edição, foram contempladas 49 pesquisas como premiação principal e 96 trabalhos como menções honrosas. Ao todo, o prêmio recebeu este ano 1.266 inscrições, voltada às 49 áreas de Avaliação da Capes. O resultado foi divulgado no dia 11/8. 

 
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.