Ir direto para menu de acessibilidade.
CÂMPUS LAVRAS E PARAÍSO

UFLA recebe nota máxima em projeto de empreendedorismo e inovação

Escrito por Alana Freitas | Publicado: Quarta, 16 Agosto 2023 09:39 | Última Atualização: Quarta, 16 Agosto 2023 14:02
Gentileza solicitar descrição da imagem

A Universidade Federal de Lavras (UFLA) alcançou nota máxima de aproveitamento na primeira fase do Projeto de Vivência Universitária em Empreendedorismo e Inovação (Vuei), criado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Sede/MG),  visando ao desenvolvimento de projetos e negócios inovadores que envolvam ciência e tecnologia, mobilizando estudantes das Instituições de Ensino Superior (IES). Dos 57 grupos participantes, 11 obtiveram a maior pontuação, e a UFLA está nesse grupo seleto, com as equipes dos câmpus de Lavras e de São Sebastião do Paraíso.

O Vuei recebe um incentivo financeiro do Governo do Estado, tendo foco nas atividades planejadas para desenvolver a cultura da inovação na comunidade acadêmica. O projeto oferece, ainda, bolsas para estudantes selecionados. Na primeira fase, foram formados times, com os estudantes bolsistas e voluntários, que atuaram na criação de ações inovadoras dentro e fora do ambiente acadêmico, tanto na sede, em Lavras, quanto no Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação (Ictin-UFLA), em São Sebastião do Paraíso. 

A coordenação da equipe de Lavras, avalia que o plano de ação está avançando conforme o cronograma planejado, e, mesmo sendo executado com o foco no desenvolvimento do ecossistema de empreendedorismo e inovação no câmpus sede da UFLA, as atividades da equipe abrangem, inclusive, as ações desenvolvidas no ecossistema de Lavras - o Vale dos Ipês.

Como práticas específicas para melhorar o eixo da cultura empreendedora, os estudantes já somam mais de 30 ações realizadas. Destacam-se as participações no programa Bootcamp do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); presença e organização em workshops e palestras com temática de empreendedorismo e inovação; colaboração em evento de inovação da cidade; sensibilização voltada aos estudantes de ensino médio na última edição do “UFLA de Porta Abertas”; execução de diagnóstico de empreendedorismo no câmpus; treinamento para atuação como agentes no Avança Café, programa pré-aceleração de startups do setor cafeeiro, entre outras atividades. 

O desenvolvimento do projeto tem superado as expectativas da coordenação, uma vez que os objetivos estabelecidos inicialmente estão sendo alcançados com índices de qualidade. “Essa oportunidade tem sido única. Vejo o avanço no conhecimento e o amadurecimento a cada encontro. Tenho a sensação de que os estudantes do Vuei estão crescendo mais rápido que os demais. Em menos de seis meses de trabalho foram tantos acontecimentos que eles presenciaram, organizaram e se dedicaram, que me surpreendi com o resultado que estamos obtendo. Estamos e sempre estaremos à disposição para complementar, auxiliar e servir para que o projeto cresça e evolua”, declara o coordenador do Projeto Vuei nocâmpus Lavras, professor Márcio Lara, também pró-reitor de Inovação e Empreendedorismo da UFLA. 

Em São Sebastião do Paraíso, o projeto desenvolveu e implantou uma esfera empreendedora no câmpus, fomentando a criação de um núcleo de estudos em Empreendedorismo e Inovação (NeeiTech) e um Núcleo de Inovação Tecnológica (Nitessp). “Foram realizadas diversas atividades, como palestras, capacitações, participações em eventos internos e externos. O câmpus hoje entende e fala sobre o empreendedorismo. A mídia local nos reconhece e as empresas e associações sabem que estamos atuando na área”, destaca a coordenadora do Vuei Paraíso, professora Raíssa Andrade.  

Na primeira fase, o Vuei no câmpus Paraíso foi contemplado com valor de 21,6 mil reais. Em dezembro de 2022, foram iniciadas as ações previstas no cronograma, finalizadas em junho de 2023. “O projeto foi elaborado por um conjunto de professores, pensando em ações que colocariam o câmpus como referência em ações de capacitação que fomentam a trilha empreendedora da região, focando em inovação e tecnologia”, destaca o vice-coordenador do Projeto Vuei Paraíso, professor Leonilson Kiyoshi.

As ações realizadas nos dois câmpus foram avaliadas por uma comissão técnica da  Sede/MG e obtiveram o total de 100 pontos. “Fomos aprovados para a segunda fase do plano de fomento, durante a etapa de performance, e estamos habilitados a receber um novo aporte de 21,6 mil reais nos próximos dias, totalizando um fomento 43,2mil reais para as ações do Vuei”, ressalta o professor Leonilson. 

O reitor da UFLA, professor João Chrysostomo de Resende Júnior, avaliou positivamente e parabenizou os times do Vuei, e os coordenadores dos projetos, pelos resultados positivos e a nota máxima em engajamento. “Trata-se de uma grande conquista de ambos os câmpus, pois ficamos à frente de muitas universidades federais que possuem um ecossistema de inovação nacionalmente reconhecidos. Eu fico muito feliz em saber desse resultado, especialmente por incluir o Ictin/UFLA Paraíso, um câmpus ainda muito novo, mas com um time muito engajado. Acredito que o câmpus tem seguido muito bem o objetivo traçado, que é o de ser referência em tecnologia e inovação”, afirmou o reitor.

Vuei 2ª edição 

Para a segunda edição do Vuei,  as equipes devem seguir um cronograma para os próximos seis meses, com a seguinte estrutura: o embarque, que é a recepção e a integração dos times, apresentação de projetos, palestras e criação de planos detalhados; depois  vem a preparação, que inclui a seleção dos planos de trabalho e a formação de times; a aceleração, durante a qual será ofertado todo o suporte técnico e metodológico aos professores para o desenvolvimento dos trabalhos; e, por fim, o voo, que é o balanço dos resultados em relação a evolução dos câmpus, tendo em vista a realização dos projetos de acordo com o previsto.




 
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.