Ir direto para menu de acessibilidade.
Produções textuais

Do verbal ao multissemiótico: pesquisa da UFLA analisa o funcionamento da referenciação em charges animadas

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Terça, 29 Agosto 2023 12:39 | Última Atualização: Segunda, 11 Setembro 2023 10:54

Você se lembra das aulas de Português em que a professora ensinava a usar pronomes e sinônimos para evitar repetições desnecessárias? Essas referenciações, além de impedirem a utilização excessiva de uma expressão, também podem ser usadas para expor opiniões ou julgamentos. Por exemplo, na manchete “Para roubar anel de brilhante; larápio esfaqueia a vítima”, o vocábulo “larápio” referencia a ação de roubo, mas também expressa um julgamento pejorativo por parte de quem escreveu a matéria em relação à pessoa que cometeu o delito. Caso fosse o objetivo comunicativo do redator, “larápio” poderia ser substituído por “homem”, “viciado” ou até mesmo “necessitado”, produzindo efeitos de sentido diferentes. Uma pesquisa da Universidade Federal de Lavras (UFLA) investigou como esse fenômeno, chamado de referenciação, ocorre em charges animadas.

Acesse a matéria completa no Portal da Ciência UFLA e saiba mais.

 
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.