Ir direto para menu de acessibilidade.
INCENTIVO À PÓS-GRADUAÇÃO

Programa Amanhã concederá auxílio para cientistas mulheres e mães

Escrito por Gláucia Mendes | Publicado: Sexta, 29 Janeiro 2021 16:44 | Última Atualização: Segunda, 16 Agosto 2021 09:40 | Acessos: 786
Gentileza solicitar descrição da imagem

Os desafios adicionais impostos pela pandemia da Covid-19 à permanência de mulheres mães em cursos de pós-graduação levaram o Movimento Parent in Science a lançar o Programa Amanhã, para apoio financeiro às estudantes mães em fase final dos cursos de pós-graduação stricto sensu.

O objetivo do programa é complementar a renda de alunas mães regularmente matriculadas em cursos de mestrado e doutorado no Brasil, que não sejam bolsistas. O valor do auxílio, bem como o número de estudantes favorecidas, dependerá do montante obtido na campanha de arrecadação em curso. A expectativa é que cada bolsa possua um valor mensal entre R$ 400 e R$ 800 e seja concedida por até nove meses.

A campanha de arrecadação de fundos já começou e vai até dia 28/2. As doações, de qualquer valor, podem ser feitas pela Vakinha online (ID 1718423) ou pelo Pix (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.).

O período para apresentação de candidaturas começa dia 1°/1 e termina em 19/2. A seleção, por sua vez, ocorrerá de 22/2 a 19/3. A divulgação dos resultados está prevista para 22/3 e o início da vigência do auxílio, em abril de 2021.


Mulheres na Ciência

O Movimento Parent in Science reúne cientistas de todo o Brasil, com a missão de incentivar o debate e propor coletivamente melhorias para mulheres e homens que passaram a viver o desafio da maternidade e da paternidade no universo da ciência. Duas professoras do Instituto de Ciências Exatas da Universidade Federal de Lavras (ICE/UFLA) foram selecionadas recentemente como embaixadoras do movimento.

De acordo com um estudo realizado pelo movimento em 2020, a pandemia da Covid-19 tem provocado grande impacto nas carreiras de mães cientistas. Com a participação de 10 mil estudantes de pós-graduação de todo o Brasil, o estudo revelou que menos de 10% das alunas de pós-graduação que são mães estão conseguindo seguir normalmente com o desenvolvimento de suas dissertações e teses neste momento, em contraste com 20% dos pais e cerca de 35% dos homens e mulheres sem filhos.

O Programa Amanhã foi idealizado com o objetivo de minimizar os efeitos desse cenário.

 

Saiba mais sobre o Programa Amanhã.