Ir direto para menu de acessibilidade.
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

UFLA tem sua primeira unidade da Embrapii – veja como as empresas podem acionar os serviços de PD&I

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Sexta, 29 Mai 2020 15:37 | Última Atualização: Sexta, 29 Mai 2020 17:09 | Acessos: 1344
Gentileza solicitar descrição da imagem

Na segunda-feira (25/5) foi divulgado o resultado da chamada pública 01/2020 da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) para credenciamento de universidades federais. A Universidade Federal de Lavras (UFLA) foi uma das onze instituições que tiveram projetos selecionados. A UFLA passa a ter um polo de inovação da Embrapii, especificamente para desenvolver sistemas inteligentes em geotecnologia e agronegócio, o que inclui as linhas de “Sistemas Inteligentes na Produção Animal e Vegetal” e “Inteligência Computacional em Geotecnologias e Processamento de Dados”. Os projetos estarão vinculadas à Agência UFLA de Inovação, Geotecnologia e Sistemas Inteligentes - Zetta, a única unidade multidepartamental no grupo selecionado pela Embrapii nessa chamada.

A Embrapii é uma organização social que, desde 2013, está qualificada pelo poder público federal para apoiar instituições de pesquisa no desenvolvimento de inovações que atendam a demandas apresentadas pela indústria brasileira. Isso estimula a força competitiva das empresas no mercado interno e externo. A Embrapii subsidia 32,2% do custo dos projetos propostos pelas empresas e a instituição de pesquisa responsabiliza-se por outros 18,3% como contrapartida. Assim, a empresa investe 49,5% dos recursos necessários.

As empresas que tenham necessidade de desenvolvimentos tecnológicos, ou mesmo pesquisadores da UFLA que já estejam em contato com empresas nessa situação, podem conhecer a atuação da Embrapii na UFLA solicitando informações pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Os projetos das empresas podem ser apresentados em fluxo contínuo, não sendo necessário aguardar editais. A negociação e contratação também pode ser feita diretamente na Unidade Embrapii da UFLA.

Processo de formação de programa de formação discente para PD&I aplicada Créditos: apresentação Embrapii 28/05

O polo da Embrapii na UFLA estimulará soluções desenvolvidas na Universidade, pelo grupo de professores que compõem o projeto e pelos que vierem a se cadastrar, para que sejam utilizadas pela iniciativa privada e contribuam para o desenvolvimento do País. A proposta tem sua força diferencial na pluridisciplinaridade entre as áreas do conhecimento, já que promove a conexão entre professores e estudantes de diversos departamentos e áreas da UFLA para a obtenção de soluções inovadoras em projetos Embrapii. A iniciativa traz benefícios diretos para o ensino e a pesquisa na Universidade, como a oferta do programa de formação discente para PD&I aplicada, além da abertura do mercado de trabalho para estudantes. Outro benefício é que a UFLA passa a integrar a rede de 55 entidades apoiadas pela Embrapii, o que proporcionará o compartilhamento de boas práticas e é estratégico para o desenvolvimento da Instituição.

A unidade da UFLA que formulou e submeteu o projeto foi a Agência de Inovação em Geotecnologias e Sistemas Inteligentes no Agronegócio (Zetta), ligada à Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP). Essa estrutura reúne, atualmente, 19 professores, de dez departamentos diferentes, o que possibilita o desenvolvimento de inovações de forma multidisciplinar, com soluções criativas e integradas. A coordenação é feita pelo professor José Roberto Soares Scolforo.

Para a equipe da Zetta UFLA, há uma grande vantagem competitiva em se trabalhar com Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) para o mercado Agro. Empresas estrangeiras, em geral, possuem tecnologias aplicáveis para a agricultura de clima temperado, e em clima tropical há demanda por tecnologias específicas. Por isso, as startups AgTech internacionais têm muitas dificuldades para ingressar no Brasil. O projeto apresentado pela equipe também foca sua justificativa na necessidade de busca de soluções sustentáveis para o planeta, que permitam às empresas investir em produtividade, sem deixar de considerar a necessidade de preservação do meio ambiente. Esse direcionamento está em sintonia com o reconhecimento internacional que a UFLA possui, pelo compromisso com a sustentabilidade (UI GreenMetric World University Ranking).

Mais sobre a Embrapii

A Embrapii atua a partir de contrato assinado com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), tendo o Ministério da Educação (MEC) como interveniente. Esses órgãos federais dividem a responsabilidade do financiamento da Associação. Segundo o site da Embrapii, até maio de 2020, foram 932 projetos apoiados e mais de 1,4 bilhão investido em projetos de PD&I, que resultaram em 317 pedidos de propriedade intelectual.

A Embrapii possuía 44 unidades no Brasil até maio, sediadas em instituições de pesquisa, universidades e outros órgãos. Com o resultado da chamada pública 01/2020, mais 11 instituições passam a integrar essa rede, entre elas a UFLA.

Uma das bases mais importantes da Embrapii para o credenciamento de unidades da Agência UFLA de Inovação, Geotecnologia e Sistemas Inteligentes é ilustrada a seguir.

Contexto do credenciamento Embrapii. Fonte: apresentação Embrapii de 28/05

Sobre a Zetta UFLA

A Zetta é uma das quatro agências de inovação da UFLA, está ligada à Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP) e será o polo Embrapii na Universidade. O objetivo da agência é potencializar o conhecimento gerado pelos pesquisadores da UFLA, transformando-os em produtos inovadores para a sociedade, gerando, assim, frutos que ultrapassam os limites da pesquisa e alcançam a iniciativa privada e o mercado da indústria nacional. Está localizada no prédio 2 do Laboratório de Estudos e Projetos em Manejo Florestal (Lemaf), com acesso pela Avenida Norte. Saiba mais sobre a Zetta.

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.