Embaixadores UFLA: Marcela Franco Fernandes Selvati

Marcela Franco Fernandes Selvati tem 24 anos e formou-se em Engenharia Civil pela #UFLA. Atualmente, √© Supervisora de projetos na Engminas, um escrit√≥rio de engenharia e arquitetura de Lavras-MG. 

Veja s√≥ o seu relato sobre a viv√™ncia aqui na #UFLA, e o conselho para os novos estudantes: 

‚ÄúA #UFLA,¬†desde sempre,¬†foi um sonho, por isso me¬†dediquei bastante para conquist√°-lo.¬†A Universidade foi o fator direcionador de toda minha vida. Antes de entrar,¬†foi minha motiva√ß√£o para persistir,¬†e depois de ingressar foi meu fator propulsor para me tornar melhor, como pessoa, aluna e profissional. Foi na UFLA que aprendi a trabalhar em grupo, a falar em p√ļblico, a expressar minhas opini√Ķes, a ouvir as opini√Ķes distintas das minhas e a respeitar a todos. Me moldou para ser a profissional que sou hoje e me ensinou a estar em constante aprendizado e evolu√ß√£o. Durante a gradua√ß√£o,¬†participei de n√ļcleos de estudo (Neciv- N√ļcleo de estudos em engenharia civil e¬†Neestra¬†‚Äď N√ļcleo de estudos em estradas), fui¬†monitora volunt√°ria de Desenho T√©cnico II (AutoCad) e participei de um interc√Ęmbio acad√™mico durante um semestre no Peru, al√©m de¬†ter¬†participado¬†de v√°rios cursos e capacita√ß√Ķes.¬†Sinto-me¬†realizada por ter conclu√≠do com √™xito minha gradua√ß√£o.

Sinto que aprendi muito sobre como ser e agir como uma profissional de excel√™ncia, e sou imensamente grata por ser uma rec√©m-¬†formada que est√° empregada e trabalhando na √°rea de forma√ß√£o, mesmo em um cen√°rio t√£o dif√≠cil como o que ainda estamos vivenciando. Entretanto, acredito que ainda estou trilhando meu plano de carreira. Esse √© s√≥ o come√ßo da realiza√ß√£o dos projetos que tenho almejado. Sinto falta dos amigos, de estudar em grupo, de conversar depois das provas, de passar horas na cantina conversando e distraindo depois de muitas aulas e reuni√Ķes. Sinto falta dos encontros dos n√ļcleos de estudo e das confraterniza√ß√Ķes. E¬†tenho saudades tamb√©m¬†das aulas, onde adquiri grande parte do conhecimento que coloco em pr√°tica hoje. Aos novos estudantes, aproveitem! Existem¬†dias mais dif√≠ceis que outros, √†s vezes da vontade de desistir, mas com persist√™ncia, apoio dos amigos e da fam√≠lia, √© poss√≠vel chegar l√°.¬†Viva cada dia¬†de uma vez. N√£o pense que descansar √© perda de tempo, mas n√£o deixe tudo para √ļltima hora. √Ȭ†tudo uma quest√£o de equil√≠brio. Lembre-se que um dia tudo isso ser√° passado, ent√£o escolha bem quais mem√≥rias deseja guardar.‚ÄĚ

Embaixadores UFLA: Bruna Teodoro Barbosa

Bruna Teodoro Barbosa tem 30 anos e formou-se em Nutri√ß√£o no ano de 2015 pela #UFLA. Depois disso, tornou-se mestre em Ci√™ncia e Tecnologia de Alimentos (IFMG, 2015) e especializou-se em Nutri√ß√£o Esportiva Funcional (2020). Atualmente, atua como nutricionista cl√≠nica, proporcionando uma melhor qualidade de vida e bem-estar.

Veja s√≥ seu relato sobre a viv√™ncia aqui na #UFLA e o conselho para os novos estudantes: 

‚ÄúEu tenho muito orgulho de ter estudado na #UFLA, por ser uma universidade que me possibilitou um ensino de qualidade. Tive oportunidade de¬†realizar atividades de pesquisa e projetos de extens√£o,¬†o que me formou¬†uma profissional apta¬†pra¬†escolher em qual √°rea iria atuar. J√° fui bolsista do Programa de Inicia√ß√£o Cient√≠fica do CNPq, desenvolvi trabalhos relacionados √† caracteriza√ß√£o qu√≠mica do √≥leo de soja e de batatas fritas em √≥leo sequencialmente reutilizado, al√©m de um¬†diagn√≥stico e interven√ß√£o nutricional em escolas¬†do munic√≠pio de Perd√Ķes – MG. J√° fiz parte do N√ļcleo de Estudos em Alimentos Funcionais (NEAF). Hoje,¬†exer√ßo minha profiss√£o com amor, responsabilidade, busco melhoria cont√≠nua e me importo com o paciente na sua totalidade.¬†Sou realizada¬†em possibilitar √†s pessoas uma boa rela√ß√£o com a alimenta√ß√£o, para que fa√ßam as pazes com seu corpo e para que tenham qualidade de vida. Aproveitei tudo o que a #UFLA tinha de bom para me oferecer.

Sinto falta da rotina das aulas, de estudar na biblioteca, ir √†s monitorias, ir aos eventos extracurriculares, de enfrentar a fila de¬†xerox e do RU, de me aventurar no mamute. Mas com certeza, sinto mais por n√£o ter a conviv√™ncia di√°ria com as amigas da turma de Nutri√ß√£o, que faziam meus dias mais leves e divertidos. Aos novos estudantes, espero que equilibrem¬†a vida social, as atividades de pesquisa e extens√£o, fa√ßam¬†contato com os professores, dedique-seaos estudos e principalmente √† viv√™ncia pr√°tica. Os est√°gios s√£o essenciais para a¬†forma√ß√£o de um bom profissional! ‚ÄĚ

Embaixadores UFLA: Laís Costa de Oliveira

La√≠s Costa de Oliveira tem 27 anos e formou-se em Administra√ß√£o P√ļblica em 2016 pela #UFLA.  Atualmente, √© gestora de territ√≥rios na Associa√ß√£o Cidade Escola Aprendiz, implementando e fomentando a articula√ß√£o da rede intersetorial nos munic√≠pios capixabas. Tamb√©m atua como consultora de base territorial na Secretaria de Estado da Educa√ß√£o do Esp√≠rito Santo.

Veja só seu relato sobre a vivência aqui na #UFLA e o conselho para os novos estudantes:

‚ÄúA contribui√ß√£o da #UFLA para a minha forma√ß√£o transcende o desenvolvimento somente cognitivo, pois me proporcionou oportunidades de um desenvolvimento integral que colabora para pensar criticamente em solu√ß√Ķes que resolvam problemas reais das nossas vidas. Durante a gradua√ß√£o, tive a oportunidade de ser¬†bolsista na Incubadora Tecnol√≥gica de Cooperativas Populares da #UFLA, estagi√°ria na PROEC/UFLA, pesquisadora no N√ļcleo de Estudos em Administra√ß√£o P√ļblica e Gest√£o Social –¬†NEAPEGS/UFLA.¬†

Da UFLA, o¬†que mais sinto falta √© desse¬†espa√ßo que re√ļne pessoas diversas e que compartilham experi√™ncias de todo o Brasil e¬†do mundo. Aos novos estudantes:¬†participem dos espa√ßos formais e com intencionalidade pedag√≥gica como a sala de aula, n√ļcleos de¬†pesquisa e etc. Eles¬†s√£o importantes, mas os espa√ßos informais tamb√©m podem te surpreender com as possibilidades de aprendizagem. Por isso, participemtamb√©m¬†de todos os projetos poss√≠veis e vivam todos os espa√ßos dispon√≠veis¬†no c√Ęmpus‚ÄĚ.